Polícia ouve duas novas testemunhas sobre morte de marido de Flordelis

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) ouvirá nesta quinta-feira (27/06/2019) duas novas testemunhas, que não tiveram os nomes divulgados, no assassinato do pastor Anderson do Carmo, marido da deputada federal Flordelis (PSD-RJ). A polícia diz que são pessoas ligadas à casa onde a família morava e que tinham livre acesso à residência. As informações são do jornal Meia Hora.

A delegada titular Bárbara Lomba, que comanda as investigações sobre o caso, já estaria no local acompanhada dos advogados de Flávio dos Santos, filho da deputada .

Já o jornal O Dia diz que policiais da delegacia foram até a casa da parlamentar para fazer uma perícia no carro dela. Advogados de Flordelis não permitiram que os agentes levassem o carro da parlamentar, alegando que não tinham mandado de prisão do veículo.

Entenda
O pastor Anderson do Carmo de Souza foi executado por volta das 4h da madrugada do dia 16 de junho, com diversos tiros, após chegar com a mulher na residência do casal, no bairro Pendotiba, em Niterói.

A polícia suspeita que filhos do casal tenham envolvimento com o crime. Flordelis e Anderson são pais de 55 filhos, dos quais 51 são adotivos. O primeiro detido foi Flávio dos Santos Rodrigues, de 38 anos, filho biológico de Flordelis e enteado de Souza. A prisão ocorreu durante o enterro do padrasto. O outro filho do casal que foi preso é Lucas Cezar dos Santos Souza, de 18 anos. Eles foram detidos inicialmente sob suspeita de envolvimento em outros crimes.

Apesar de um dos filhos do casal ter assumido a autoria do crime, a polícia quer esclarecer a dinâmica da execução e diz que todas as pessoas que tinham alguma ligação com o pastor serão investigadas — o que inclui a deputada.

O post Polícia ouve duas novas testemunhas sobre morte de marido de Flordelis apareceu primeiro em Metrópoles.

Ver fonte
Autor: Juliana Barbosa